17 julho 2010

Chupa essa manga nazistas



Sobrevivente volta ao campo de concentração nazista com a família e grava clip dançando 'I Will Survive'




Um vídeo de um sobrevivente do Holocausto dançando música disco em Auschiwitz causa sensação na internet. Adolek Kohn, um australiano de 89 anos, gravou o vídeo em 2009 junto com sua filha e seus três netos ao ritmo da canção I Will Survive (vou sobreviver, em tradução direta), de Gloria Gaynor. 

O cenário da dança não é uma discoteca, como no vídeo original da cantora americana, mas os campos de concentração de Auschiwitz, na Polônia, e de Terezin, na República Checa. Ali, três gerações se movem frente à tristemente famosa placa que diz “Arbeit Macht Frei (o trabalho os libertará) colocada na entrada de Auschwitz, onde Kohn foi prisioneiro. 

O campo foi o maior centro de extermínio do nazismo, onde se calcula que foram assassinados entre 1,5 milhão e 2,5 milhões de pessoas. O vídeo já teve mais de meio milhão de visitas no YouTube. Gerou uma onda de críticas, ainda que superadas pela quantidade de elogios daqueles que se emocionaram com as imagens. 

Kohn afirmou que nunca havia pensado que poderia voltar a tais lugares, mas que sua filha, a artista Jane Korman, o convenceu. “Se alguém me pedisse que voltasse a Auschwitz 62 anos depois, com meus netos, eu o mandaria ao manicômio”, disse o australiano. “Nunca pensei que seria visto por tanta gente, mas é maravilhoso que tantas pessoas o tenham visto ainda que nem todos entendam por que estamos dançando ali.”

O ancião, vestido com uma camiseta onde se le “survivor” (sobrevivente) e sua família também dançam em outros lugares, como nas linhas de trem em que os judeus chegavam aos campos de extermínio. Para sua filha, a ideia era fazer uma interpretação nova do extermínio nazista, especialmente para os mais jovens. “É importante que não se esqueçam das lições do Holocausto”, disse.








Vi na Veja

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...