07 julho 2010

Você conhece o Pidgin?


o Brasil, a maioria absoluta usa o Windows Live Messenger, vulgo MSN, para a comunicação online. De vez em quando cansa usar sempre o mesmo programa de mensagens instantâneas, por isso há um pessoal que procura outros como o Yahoo! Messenger, o ICQ ou até o Google Talk. Só que eles descobrem que quase nenhum dos seus contatos usa tais programas, e acabam voltando pro mais usado, mesmo a contragosto.
Pidgin, assim como alguns outros programas semelhantes, surgiu nesse meio de um programa pra cada rede que existia até pouco tempo atrás. Seu objetivo é simples: fundir todas as redes de mensageiros instantâneos num só aplicativo. Além das já citadas acima, Pidgin suporta essas outras redes citadas aqui.

Pidgin.
Ele funciona bem, é leve e sua interface é limpa e intuitiva. Há um quê de genérico nele, mas esse é um problema do qual que a maioria dos programas do gênero “sofre”. Pra quem tem contas em várias redes, esse lado simplório é mais que benéfico, já que não há aquela enxurrada de recursos desnecessários consumindo a memória do computador nem a produtividade de quem o usa (winks, jogos multiplayer entre contatos e toda essa tralha a mais). Já pra quem tem uma só o IM pode deixar a desejar, já que o seu principal triunfo é na hora de gerenciar todas as contas que um só usuário pode ter.
Pidgin está disponível em português (com corretor ortográfico opcional) e mais outros 50 idiomas, em versões para Windows, Linux (inclusive sendo o mensageiro padrão integrado no Ubuntu há algumas versões atrás) e Mac OS X.
  • Nome? Pidgin
  • Para que serve? Mensageiro Instantâneo com acesso à várias redes.
  • Ponto forte? Gerencia bem várias contas de uma vez.
  • Ponto fraco? Poucos recursos extras além do mais que obrigatório texto.
  • Licença? Open source (gratuito)
  • Tamanho? 9,0 MB
  • Site oficial/Download




Dica do Geowany

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...